O seu caminho de vida: estou lhe chamando!

santiago

Há muito tempo, você ouviu o chamado. Eu lhe chamei: venha! Venha preencher o seu lugar, fazer a função que eu reservei para si. Nesta função, eu lhe provejo tudo: o seu ensino. O seu sustento. O público que desejo que você atenda, por mim. Guio seus passos nesta jornada, a todo instante, e envio amigos para lhe amparar, nos momentos que você titubear.

Respeite o processo: primeiro, eu lhe preparo. Você está sendo preparado há muito tempo. Olhe para as profissões que lhe encaminhei. Você acredita que foi sua escolha? Observe as habilidades que lhe presenteei: algumas inatas, outras que foram se desenvolvendo nestes anos todos. Pode ser que você imaginou que estava projetando uma carreira, ou indo atrás de dinheiro. Esqueceu-se do chamado, não é mesmo? Porém, eu não esqueci.

E agora estou lhe chamando outra vez. Venha me servir. Chegou a hora.

O aprendizado, neste instante, precisa ser completado já no caminho. Não lhe peço para abandonar nada, a não ser que você esteja muito apegado ao velho, e não consegue abraçar o novo. Eu lhe dei inteligência: use-a. Cuide de seus assuntos, se responsabilize pelas coisas da terra, antes de querer andar no céu. Organize-se. Deixe o supérfluo.  Pare de se distrair. E dê um passo em direção à nuvem. Muitos esperam por você. Está na hora de usar suas mãos para me servir.

Não se esqueça: eu estou com você. Envio amigos que lhe auxiliam nesta jornada. A presença deles lhe dá força. As palavras deles, acalanto. Os gritos deles, motivação. O colo deles, descanso. Mas o seu coração lhe dá a direção e fala diretamente comigo.

Esta jornada é de luz. Prazer. Graça. Bem aventurança. Desconfie sempre que sua mente acreditar que está fazendo algo grandioso. Sério. Até divino. Você não está fazendo nada. Só caminhando. Eu faço por você. Eu faço tudo. O que lhe peço? Disciplina. Conexão com o seu coração. Alegria. Abertura total para cuidar de quem eu lhe enviar. E abertura total para deixar este alguém partir. As pessoas começarão a bater na porta. Chamando por mim, através dos seus serviços. Não se perca em crenças espirituais: se for para cobrar, cobre. Muitos dos meus filhos podem pagar, e o farão com respeito e amor. Por favor, aprende a receber. Eu sei que é difícil, porque sua mente ainda tem carências. E mágoas. Mas receba com muito amor, por mim. E quando eu lhe falar: atenda este filho e receba de outra forma, você cobra de outra maneira. Porque este filho está precisando aprender a dar. E você também.

Lhe garanto: você nunca mais passará dificuldades. Cuide bem da matéria, por mim. Seja desapegado, mesmo que eu lhe dê muito para cuidar. Aprenda a dar. Mas aprenda principalmente a receber. Receber é um gesto humilde, onde você se torna um pote vazio, límpido, brilhante, silencioso, dentro do qual depositarei minhas bênçãos. E dando, e recebendo, continue a jornada. Até o dia em que lhe chamarei de volta para casa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: