A cura está no caminhar e servir

caminho3

 

Ouvi o chamado.

“Deixe tudo e vá. Deixe suas mágoas e dores. Suas tristezas e incompreensões. Seus desejos e ganância. Esqueça as pessoas que magoaram você. Esqueça aqueles que não validam seus dons e talentos. Esqueça o sentimento de abandono e rejeição.  Esqueça aqueles que você acha que precisa carregar nas costas.

Muitos estão aguardando por você. Não há mais espaço para procrastinação. Segure sua mente carente, seu emocional instável, sua crítica insana, e vá. Vá servir o próximo. Coloque-se a disposição. Incansavelmente. Esta será a sua cura.

Não escolha quem atender. Eu escolherei por você.

Não julgue quem merece a cura. Sou eu quem cura.

Não pense em quanto ganhará. Eu abastecerei seu banquete.

Você não está no caminho porque é melhor ou diferenciado. Você está no caminho porque este é o seu lugar. Não há nada de especial em estar no caminho. Em profunda compaixão com o seu sofrimento e o seu sentimento de incapacidade, abri as portas para a sua própria cura. Então, caminhe…

Não olhe para trás. Não espere gratidão daqueles que por ti forem tocados. Não se afogue nos louros da própria arrogância.

Simplesmente, caminhe. Erga o pescoço, alinhe o peito. Ande. E sirva. Sirva a Mim. E deixe o resto por Minha conta.

Se tropeçar, meu braço lá estará para apoiá-lo.

Se cair e machucar, meu enfermeiro cuidará de suas feridas.

Se desanimar, minha canção em seu coração acalentará sua tristeza.

Se sorrir, lá estaremos nós dois, dando altas gargalhadas de gozo e prazer!”.

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: