Acalme-se. O “processo” não está em suas mãos

acalmeseO buscador gosta de dizer: estou em processo! Estou me trabalhando! E até usa deste artifício para diferenciar-se daqueles que “não se trabalham”. E pressioná-los para que façam alguma coisa. Alguma coisa espiritual. Ou terapêutica. Ou ambos. Torna-se frenético. Compulsivo. Não raro, utiliza-se do bom argumento para ferir e ferir-se. Estar se trabalhando vira vício. Um vício que encobre um profundo desamor e revolta: eu não me aceito do jeito como sou. Eu não aceito as coisas como elas são. Eu não aceito! Eu vou mudar a qualquer custo!

O ego toma conta do processo. E sutilmente, invade uma área que ele sabe não ser sua: a cura. A transformação. O encontro da Paz.

Se o ego está doente, ele precisa entregar-se à cura, sim. Confiar no trabalho de um curador. Que age em nome de Algo Maior. E sair da frente. Deixar de querer atingir algum lugar. Por exemplo: conquistar um amor. Recuperar a saúde física, mental, emocional ou financeira. Reatar relações. Reerguer empreendimentos. O poder do ego está na sua inteligência, na sua estratégia, na sua capacidade de ação. O que, em si, não significa muita coisa. Podemos aprender a fazer “tudo certo”, e mesmo assim, tudo dá errado. O aprendizado que talvez Deus queira de você não é o de fazer as coisas darem certo, mas de harmonizar-se com o fracasso. Com a sensação de incapacidade e impotência. Com a sua insignificância e fragilidade…

Afinal, alguém que se diz um buscador, no fundo, não coloca em primeiro plano o sucesso pessoal, profissional, empresarial, atingir metas na saúde ou no amor. O verdadeiro buscador quer encontrar Deus. O Amor. A Compaixão. O Perdão. A Alegria. O Prazer. E acredite você, ou não, o Universo está neste exato momento abrindo a estrada por onde você irá passar, como o Rei que é, rumo a encontrar e ocupar o seu verdadeiro Trono.

Acalme-se. Tudo está programado e previsto. No seu verdadeiro tempo, o véu será descortinado. E você verá. E reconhecerá! Enquanto isso não ocorre, viva mais leve! Deixe de querer chegar! Domine sua ansiedade e sua angústia. Medite! Faça, sim, mas sem expectativas… Deixe de pressionar-se. E pressionar os outros. No grande mistério da vida, a chegada não é um lugar físico a ser encontrado em algum momento específico. É um lugar onde você já está, Aqui e Agora. Pare de correr dentro da rodinha, que gira, gira e gira… e você não sai do lugar. Sente-se ao lado dela. Feche os olhos. Respire. Profundamente… Você é perfeito, com todas as suas imperfeições. O mundo está ok. Os outros estão ok. A sua vida é essa mesma e está tudo certo. Pronto. É só isso. Afine a sua mente. Respire mais uma vez. E solte… solte… solte…

8 Replies to “Acalme-se. O “processo” não está em suas mãos”

  1. Maravilhoso. Estou passando justamente por esse processo. Me encantei com o auto-conhecimento e comecei a querer forçar todo mundo a fazer isso também, dizendo “verdades” que eu julgava ser verdades sobre a pessoa e que ela não estava vendo, na tentativa de ajudá-la a sair daquele sofrimento: “eu também sofria assim, vc precisa fazer isso!”. Ai ai, aí essa semana eu levei uma rasteira da minha depressão, como não levava há muitos meses. E aí a gente vê que está no processo. Aí tenho que voltar a respirar e a caminhar e entender que o bom da vida é a caminhada e o que temos agora já é suficiente. Quando vejo, estou sempre querendo mais, numa busca de chegar em algum lugar de paz (e rápido). Mas, realmente, não é assim que se chega a lugar nenhum. É o curtir cada momento e cada aprendizado. E se permitir viver o que se quer viver, sem pressão. Fazer o que é preciso fazer e fazer o que se quer fazer, mesmo que não faça sentido agora. Obrigada pelas palavras.

    1. Olá, Bárbara! Gratidão pelo seu comentário! Bem… na minha experiência, a aceitação não é um processo que ocorre porque queremos. Nem é simplesmente não fazer nada. Ao contrário, é um movimento ativo. Buscamos e, em algum momento, “algo se acomoda” dentro de nós, para de doer… Podemos fazer movimentos em direção à cura, ou àquilo que acreditamos que poderá nos auxiliar. Mas o processo da cura ocorre por si só. Não depende do nosso movimento. É Algo Superior que se manifesta, quando e se quiser. Nesse trabalho de fazer movimentos em direção a… e soltar a necessidade de resultados, crescemos tremendamente… Ficamos humildes… Pacíficos…

  2. Alex! Hoje te encontrei no YouTube….. talvez já tivesse passado por ti….. mas hoje fez muito sentido….. por isso estou aqui…… o vídeo foi o filhinho do papai….. aí me deu vontade de sair caminhando e pensando no ensinamento do vídeo, pois estou estudando constelação familiar, há 3 anos conheci e fiz minha primeira constelação e a partir daí todo mês estou em contato como representante e estudante…..o que deu sentido em minha vida, pois descobri meu lugar……
    O incrível é que antes de sair pra caminhar resolvi assistir mais um vídeo teu e me inscrever no canal…..eis que me deparo justamente com os teus 4 vídeos em que estas caminhando….kkkkk….. o universo em sua abundância, nas formas mais impensadas nos surpreende com o que chamamos de conexão. Muito obrigado por compartilhar o teu trabalho, com tamanha luz, humildade, grandeza e verdade. Que Deus te abençoe sempre. Um abraço. Carmen Luiza.

    1. Oi, Carmen!!! Novamente! Que bom que você encontrou o canal e está gostando! Tive muita dificuldade em iniciar este projeto pelos vídeos… por diversos motivos que nem vou comentar agora! Quem sabe eu fale em algum vídeo sobre isso! Eu vejo que a Internet nos proporciona muitas coisas maravilhosas. Quantas vezes estou em busca de uma solução ou uma luz para alguns caminhos meus e encontro um vídeo, um curso, um texto… A sincronicidade funciona, quando estamos com a mente focada… Obrigado pelas palavras, sigamos caminhando. Que é minha prática física e meditativa predileta!!!

  3. Este texto é magnífico!
    O quanto ele nos coloca no nosso lugar de pequenos.
    O quanto clarifica que cada um de nós tem de fazer a sua parte e ter a consciência de que não está no comando.
    O quanto neste sentido nos dá um lugar em que podemos descansar, pois depois de fazermos nossa parte é só aguardar com gratidão e amor. Muitas Gracias. Carmen Luiza.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: