Eu escolho adoecer

 

O jovem estava no carro, com seu melhor amigo. Um descuido, um acidente, e o melhor amigo morreu. Sem ter esta consciência, a partir deste instante o rapaz que sobreviveu carregou a culpa por não ter ido no lugar do amigo. E fez um pacto: já que não posso morrer agora, vou fracassar na vida, assim, através do meu sofrimento, honrarei a morte dele.
Todas estas percepções vieram após uma constelação familiar. A solução, nestes casos, é reconhecer a própria impotência diante da situação, e entender que o Destino é o “grande”, e nós somos os pequenos. Este tipo de mentalidade, de quem deseja se sacrificar para salvar pessoas, é um pensamento infantil e que vai contrário à vida.
Quantas vezes, inconscientemente, nos envolvemos num pacto de sofrimento, por termos presenciado cenas na infância extremamente dolorosas? Filhos de pais alcoólatras, mães neuróticas, ou presenciando a morte de familiares com doenças fulminantes… Por amor, falamos para nós mesmos: eu queria tanto salvá-los! E como isso é impossível, entramos no mesmo ciclo de adoecimento. “Quando esse amor infantil e trazido à luz, talvez essa criança – agora adulta – perceba que não pode superar a doença, o destino e a morte do outro através do seu amor e dos seus sacrifícios, mas que deve se expor a eles, impotente e corajosamente e concordar com tudo assim como é”, nos ensina Hellinger, em O Amor do Espírito.
Desta forma, tenho visto pessoas se recuperando de suas questões de saúde, ou pelo menos, aprendendo a viver com mais leveza e prazer. 

Alex Possato

Curso de Constelação Familiar Sistêmica – clique aqui e saiba mais

Atendimentos em grupo e individual

Pais e filhos constelados

Os pais, ao olhar da constelação familiar sistêmica, deveriam sempre ter muito orgulho de serem pais. Mesmo que reconhecendo seus erros, suas deficiências, seus destemperos: fizeram o melhor pelos filhos, que cresceram e estão prontos para a vida. Darão certo? Terão sucesso? Isso não é mais assunto dos pais. Eles os liberam para que sigam o caminho, e possam transmitir o melhor deles em nome de todo o sistema familiar, de toda a ancestralidade.
E os filhos, ao contrário, mesmo reconhecendo que talvez tenha havido deficiências na educação, no trato, que muitas coisas doeram, entendem que os pais agiram da forma como agiram porque aprenderam com os avós a serem assim. E que carregam muitos traumas e dores – deles e do passado familiar, e não poderiam ter feito melhor. Reconhecem que os pais deram o que puderam para eles e não exigem mais nada. Seguem de peito erguido, confiantes, sabendo que atrás deles a força (simbólica) dos pais os sustentam. E caminham com gratidão, fazendo a vida do jeito que acham que é o correto. Estão livres para acertar, errar e crescer.

Assim são pais e filhos que estão em paz com o próprio passado.

Alex Possato

 

Curso de Constelação Familiar Sistêmica em São Paulo inicia agora, em fevereiro!

divulgacao1

 

Tornar-se constelador é muito mais do que ser um terapeuta familiar: um constelador é um alquimista, que auxilia a olhar o que é excluído. Desta forma, o constelador age sempre experimentalmente, como um cientista em busca de uma reação química. Ele não quer curar, mudar a vida do seu cliente ou mostrar seus conhecimentos e técnicas. Não deve ter certeza de nada, e é assim que ensino meus alunos. Baseio-me naquilo que aprendi, e sigo o que Bert Hellinger indica: “Quando alguém diz que não é como afirmei, eu imediatamente me redireciono. Então ponho à prova minha solução e procuro outra. Portanto, em minha percepção, também me oriento pelos outros. Eu começo e depois corrijo. Se eu apenas afirmasse, seria muito mau. Seria excessivamente arriscado para mim”. (Religião, Psicoterapia e Aconselhamento Espiritual, pg. 123)


Treinamento de Constelação Familiar Sistêmica em São Paulo com Alex Possato
Início em 9 e 10 de fevereiro
Leques Brasil Hotel

Mais informações sobre o curso de constelação familiar, clique aqui 
Informações por Whatsapp, com Patrícia: (11) 99791-7211

Você carrega o peso da família em si?

carregando a familia

Uma das características mais comuns de pessoas que me procuram é esta: são ou se sentem responsáveis por cuidar dos pais ou irmãos. Entendo que existe uma coisa cultural aqui no Brasil: é uma tradição social, moral e vinculada a idéias religiosas, cuidar de parentes que estão em necessidade. E não digo que é errado. Muitas vezes, podemos fazer
algo por nossos parentes, pelos nossos pais, ou às vezes um parceiro que está em situação ruim, e isso não nos afeta em relação aos nossos planos pessoais.
Afeta? Você já não consegue traçar seus planos profissionais, pessoais, de relacionamento, estudos, porque está preso aos cuidados de alguém? Comece a se investigar, porque você deve estar emocionalmente vinculado a alguma culpa que não tem nada a ver com você. E isso suga a sua energia. Impossibilitando ou dificultando em muito a sua caminhada pessoal.
Cuidar dos outros é possível e muitas vezes, inevitável. Mas para o bem do seu sistema familiar, cuidar de si, em primeiro lugar, é fundamental. Somente você estando bem, poderá ser um verdadeiro apoio para que o seu sistema familiar possa também se desenvolver de forma saudável.

 

Retiro de silêncio por 10 dias!

meditação

Oi gente! como estão vocês? Espero que tenham tido uma ótima passagem de ano! Só um recadinho! A partir de hoje entrarei num retiro de silêncio e meditação, durante 10 dias, e por isso, não estarei comunicável. Mas depois do dia 21 de janeiro, tudo bem, já estarei de volta! Minhas postagens continuarão sendo colocadas diariamente, acompanhem! Se inscrevam na minha página Alex Possato Oficial, para não perder nenhuma! (https://www.facebook.com/alexpossatooficial/) e também na minha página do Instagram (https://instagram.com/alexpossatooficial/) e também vejam meus vídeos no canal do Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCe12auz0UHti7dGlwijSO6g) Qualquer coisa que precisarem, falem com a Patrícia. O zap dela aparece como Alex Possato Atendimento (11) 99791-7211 … Ótima jornada neste 2019 para todos e todas!!! Abração!

Alex Possato

Jornada Sistêmica em Israel 2019 – Roteiro

 

Olá gente! Não sei se vocês já souberam, mas eu e a Luciana estaremos levando uma turma para uma Jornada Sistêmica em Israel. Não será somente turismo. A idéia é trabalharmos nossa conexão com a Essência interior, através do contato com esta terra com tanta história e tradição espiritual. Será uma verdadeira peregrinação: teremos momentos de partilha, meditação, constelação em grupo, descanso e introspecção, tudo voltado para a grande investigação – como está a minha fé, a conexão com as tradições mais antigas, meu desprendimento ou o meu apego em relação à dualidade matéria x espírito…
Serão momentos especiais… Por exemplo, já se imaginou meditando no Monte das Oliveiras, ouvindo e mergulhando com o espírito no Sermão da Montanha?
Fica aqui nosso convite!!!

Alex Possato e Lu Cerqueira

Incluindo todos os ricos e miseráveis do sistema familiar

Sim! Começo de ano, muitos desejos de prosperidade, sucesso e vitória para 2019! Ok, isso é muito bom e válido! Mas que tal olharmos sistemicamente para o aspecto “prosperidade”? Entendemos que, no nosso sistema familiar, houveram muitos ricos e muitos pobres. Pessoas que ganharam dinheiro honestamente e outras que usaram o poder e a inteligência para crescer sobre aqueles que não tinham esta esperteza. Assim como existem pobres trabalhadores. E pobres desonestos e corruptos. Que na menor possibilidade de ganhos ilícitos, assumem a condição de usurpador. Todos estes tipos de comportamento estão em nosso sistema familiar. Todos eles fazem parte. A sua visão de prosperidade deve abraçar a todos estes aspectos.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Você já percebeu que, se fizer um movimento consciente de inclusão às “sombras” financeiras que você não concorda, seu “coração” se amplia? Sua capacidade de amar cresce? E você fica mais leve para deixar fluir a prosperidade, sem um monte de crenças que limitam sua capacidade de Amar? Faça o teste. E depois me conte o que mudou no seu bolso…

Sim! Começo de ano, muitos desejos de prosperidade, sucesso e vitória para 2019! Ok, isso é muito bom e válido! Mas que tal olharmos sistemicamente para o aspecto “prosperidade”? Entendemos que, no nosso sistema familiar, houveram muitos ricos e muitos pobres. Pessoas que ganharam dinheiro honestamente e outras que usaram o poder e a inteligência para crescer sobre aqueles que não tinham esta esperteza. Assim como existem pobres trabalhadores. E pobres desonestos e corruptos. Que na menor possibilidade de ganhos ilícitos, assumem a condição de usurpador. Todos estes tipos de comportamento estão em nosso sistema familiar. Todos eles fazem parte. A sua visão de prosperidade deve abraçar a todos estes aspectos.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Você já percebeu que, se fizer um movimento consciente de inclusão às “sombras” financeiras que você não concorda, seu “coração” se amplia? Sua capacidade de amar cresce? E você fica mais leve para deixar fluir a prosperidade, sem um monte de crenças que limitam sua capacidade de Amar? Faça o teste. E depois me conte o que mudou no seu bolso…⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #constelaçãofamiliar #constelaçãosistêmica #terapias #frasesinspiradoras #2019 #reflexão #inteligênciaemocional #exercíciosistêmico #curadaalma #terapiaemgrupo

Você faz diferente da sua família? Sorria!

Quando você busca experiências diferentes do senso comum da sua própria família, está trabalhando inconscientemente para o crescimento e sobrevivência dela – embora isso possa ser visto como rebeldia e até ofensa. Portanto, relaxe, se sua família jamais entender o porquê você toma determinados caminhos ou faz determinadas escolhas.
Li uma definição totalmente lógica e motivadora que justificam nossas ações que, de certa forma, confrontam com ideias pré-estabelecidas dos nossos pais e parentes. Entendendo isso, podemos perceber que não é uma forma de combater nossa família, quando escolhemos caminhos e possibilidades que eles não gostam e até negam. Fazemos porque isso é natural. Da mesma forma, será natural que eles rejeitem, e esse é o preço que temos que pagar. Diz Octavio Diniz, em Constelaciones Familiares – manual del facilitador: “Um sistema se define tanto a partir das dinâmicas internas que se dão em seu interior como pelas fronteiras que estebelece com o mundo exterior. Estes limites, que separam a família do que a rodeia, geram uma dinâmica peculiar, já que são limites herméticos e ao mesmo tempo permeáveis.
Por um lado, uma família somente se define de um modo autorreferencial, diferenciando-se do resto das famílias e como um subsistema particular dentro da sociedade em seu conjunto.Por ser um sistema, a família é hermética e fechada em si mesma.
Mas por outro lado, um sistema somente cresce e se perpetua no tempo através de sua capacidade de abrir-se ao exterior e de mesclar-se com elementos de outros sistemas. As famílias se mantém no tempo pela entrada de pessoas alheias a si mesma, e que provém de outros sistemas familiares. Assim, o clã tende a perpetuar umas normas ou regras de funcionamento, mas estas se vem modificadas pela incorporação de pessoas pertencentes a outros sistemas, que trazem consigo suas próprias normas.”

Alex Possato

Não é você quem cura

Não é você quem cura! Você se coloca a disposição, e alguém lhe auxilia (4)

Quando estamos num trabalho de cura, muitas vezes nosso campo se conecta ao campo de outros curadores que vieram antes. Assim, algo maravilhoso pode ocorrer. E não seremos nós, terapeutas, que estamos curando alguém.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Bert Hellinger, no livro “A Cura”, acredita que podemos nos conectar com “aliados”, como ele mesmo diz, que nos conduzem num trabalho de cura. Muitas pessoas terão a tendência de colocar suas crenças espirituais para interpretar uma situação assim. Porém, eu o convido a se abrir somente para a idéia do campo morfogenético que se demonstra nas constelações: da mesma forma que podemos nos conectar com alguns tipos de informações do passado familiar de pessoas que nem conhecemos, acredito que o terapeuta também pode se conectar com informações terapêuticas e experiências já vivenciadas por outros. Sejam pessoas da nossa família ou não. Bert Hellinger concorda que existem estas possibilidades e que elas são reais, práticas e efetivas. Diz ele: “⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ao nos abrirmos para essa dimensão da nossa existência (nota: sobre a possibilidade de sermos conduzidos por algo além da nossa consciência pessoal no trabalho de cura), pedimos ajuda aos nossos aliados, quando não sabemos como prosseguir, pedindo aos mesmos que nos mostrem. Como? Muitas vezes imediatamente, ao nos atrevermos a fazer algo que não nos parece possível com as nossas próprias mãos.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Mesmo assim, olhamos ao mesmo tempo para além deles, para o que está por detrás deles, para seus aliados e para o poder criativo ao qual todos eles servem. Curvamo-nos diante dele, sabendo que a salvação encontra-se exclusivamente em suas mãos” (Bert Hellinger, A Cura)

Alex Possato

#constelaçãofamiliar #constelaçãosistêmica#terapias #frasesinspiradoras#berthellinger #reflexão#inteligênciaemocional #exercíciosistêmico#curadaalma #terapiaemgrupo

 

A família do outro

04_01_2019

 

Você já reparou como é fácil apontarmos o dedo para a família dela(e) e ficarmos muito chateados com o jeito do cunhado, o vício do sogro, a imposição deste ou daquele? Olhamos os que fracassam, e criticamos. Olhamos os que são bem sucedidos, e temos também reclamações. Temos medo de olhar de frente aquelas pessoas problemáticas, com doenças graves ou desequilíbrios.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Tudo isso que aflora quando estamos em contato com a família do outro são caminhos para aprendermos a incluir situações do nosso próprio sistema familiar que nem temos idéia. Diz Bert Hellinger, em Amor à Segunda Vista: “​A relação de casal é o que mais nos molda. Somos educados através dela. Nela renunciamos passo a passo a nossas ilusões e, exatamente por isso, estamos ligados a algo maior.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Como se alcança essa ligação? Concordando com o mundo como ele é. Concordando com as diferenças como elas são. Despedindo-se da idéia de uma coisa ser certa e outra pior ou errada. Nós nos desenvolvemos à medida que reconhecemos, no decorrer do tempo, que aquilo que a princípio consideramos adverso é diferente sim, porém possui o mesmo valor”⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Vivenciei e vivencio isso diariamente. Como é rico olhar para os aspectos que nego! E quantas vezes acabo percebendo que aqueles aspectos remetem a situações que aprendi a rejeitar na minha própria família! Assim, posso abrir meu coração e colocar-me na intenção de permitir estas diferenças, ao invés de reclamar e combater.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀#constelaçãofamiliar #constelaçãosistêmica#terapias #frasesinspiradoras #reflexão#inteligênciaemocional #exercíciosistêmico#curadaalma #terapiaemgrupo